29 de nov de 2010

Passeio



Respiro a única felicidade que sou capaz,
cada cheiro dessa rua...
o perfume das tardes cinzas de novembro.
Tantos sinais de amor para quem é forçado a ser só.

Albert Camus.



Foto: Flickr

Nenhum comentário:

Postar um comentário